Relacionamento entre IES e Empresas: Como criar oportunidades de aproximação e parcerias duradouras que gerem resultados

Avatar

As parcerias entre Instituições de Ensino Superior e empresas trazem grandes benefícios para todos os envolvidos nessa relação. Para as Instituições de Ensino, essa é uma oportunidade de oferecer um benefício a mais para os estudantes, sendo uma estratégia de captação e retenção de alunos. As empresas têm o processo seletivo facilitado, pois tem acesso diretamente aos dados dos estudantes. Os alunos são os principais beneficiados, pois têm a possibilidade de conhecerem a realidade do mercado ainda na graduação, além do acesso a diversas oportunidades de estágio e primeiro emprego.

Instituições de Ensino Superior se destacam ao se atentarem às tendências do mercado e terem projetos pedagógicos pensados com base no futuro emprego. Desenvolver e acompanhar projetos de empregabilidade deve ser parte da estratégia das instituições para a formação de profissionais que se destacam no mercado. Saiba mais sobre a importância da parceria entre instituições de ensino e empresas nesse texto.

Relacionamento de sucesso entre empresas e IES

Muitas instituições de ensino no Brasil afora vêm se destacando com parcerias com o mercado. A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) é um exemplo. Uma empresa de tecnologia e inovação implantou um laboratório de inovação na Universidade, onde os alunos podem usar técnicas de Design Thinking para prototipar e criar soluções e respostas inovadores.

Outro exemplo é a PUCPR, que possui o PUC Carreiras, um setor inteiramente dedicado para atender demandas de estágios, empregos e empreendedorismo. O setor oferece suporte no planejamento de carreira para estudantes e egressos. Além disso, a parceria com empresas renomadas garante o acesso a oportunidades de estágio e trabalho.

Por que investir em estratégias de empregabilidade?

A realidade de diversos mercados é o desemprego e o subemprego. Além disso, a perspectiva para os próximos dez anos não é muito melhor. A Korn Ferry projeta que em 2030, o mercado mundial sofrerá um déficit de 8,5 trilhões de dólares devido à falta de talentos. 

Cenários desafiadores como este trazem uma oportunidade de protagonismo para as instituições de ensino. Este é o momento de investir na melhoria no desenvolvimento de pessoas. Para que essa projeção seja amenizada, as instituições precisam se dedicar na formação de profissionais cada vez mais alinhados à necessidade do mercado.

Este é um desafio enorme. A dinâmica do mercado de trabalho é muito ágil. Por isso, a melhor solução é investir em estratégias de empregabilidade. Ter uma estratégia bem estruturada, que visa o benefício de todos os envolvidos no projeto é um grande passo para a atração de empresas para essa parceria. Aproximar os estudantes e as empresas os auxiliará no desenvolvimento das habilidades necessárias ainda durante sua formação.

Algumas ações eficazes para a atração das empresas são feiras de carreira e parcerias para projetos de pesquisas. A criação de disciplinas alinhadas com as competências exigidas pelo mercado, bem como projetos com incubadoras também auxiliam muito nessa parceria.

Estratégias para o relacionamento entre IES e empresas

Retomar a conexão com o mercado e definirem formas de atrair parcerias com as empresas são grandes desafios para as instituições de ensino. Estratégias que podem ser adotadas nesse sentido são facilitar a busca por talentos qualificados, proporcionar aos empregadores espaço para divulgação de vagas e disponibilizar espaços para a realização de entrevistas no Campus universitário. 

Iniciativas que acolham o aluno e o empregador são muito eficientes para essa parceria. Exemplos disso são a disponibilização de tecnologia para a oferta de vagas e a busca de candidatos. A participação de empregadores em palestras, feiras, webinars e inclusive na orientação de alunos também é uma boa estratégia de aproximação entre as IES e empregadores.

Essas são algumas formas de as instituições manterem um bom relacionamento com as empresas. Elas precisam ser vistas como parceiras da instituição, que também geram oportunidades de trabalho para os alunos. É essencial que a área de carreiras da instituição seja estruturada e voltada ao digital. O foco é sempre fortalecer a relação entre alunos, empresas e a instituição. 

É muito importante que os gestores de empregabilidade definam objetivos e indicadores de desempenho para que possam ter controle dos resultados das estratégias de empregabilidade. Relatórios, pesquisas de opinião podem auxiliar o gestor a analisar o desenvolvimento dos alunos. Com base nessas informações, poderá encontrar maneiras de sempre melhorar a estratégia de empregabilidade e entregar valor para alunos, empregadores e para a própria IES.

A Symplicity pode ajudar sua instituição de ensino a se tornar um caso de sucesso em empregabilidade. O suporte oferecido vai desde a definição de estratégias de empregabilidade até a disponibilização do software Symplicity Enterprise CSM, que oferece suporte a alunos, empregadores e automatiza operações nas Instituições de Ensino. 

Você também conta com um diagnóstico de empregabilidade, por meio do qual é possível analisar o desempenho do programa e usar dados para a melhoria da estratégia. Também é possível realizar pesquisas e acompanhar o desenvolvimento profissional dos alunos. Conheça todas as soluções da Symplicty para sua instituição de ensino e invista em uma parceria duradoura com o mercado.

Deixe um Comentário